Bem vindo...

...bem vindo a porta que te levará a viajar comigo; que te fará meu companheiro(a) em cada nova aventura... e história nas antigas; venha, vamos juntos conhecer o mundo... Andarilho.

Quem sou eu

Minha foto
Rolim de Moura, Rondônia, Brazil
...Motociclista aventureiro, apaixonado pela vida e pela liberdade... ...Antonio o Andarilho; é natural de Dourados –MS, tem 42 anos; autodidata em moto turismo; é otimista, prega e tem por objetivo: viver a vida intensamente com responsabilidade; preza pela direção defensiva e responsabilidade no trânsito, é disciplinado e adora desafios; membro das redes: Brazil Rider's, AME-BR e Irmandade Sem Fronteiras ; fundador e membro ativo do Moto Grupo Expedicionários da Amazônia; também membro da Iron Butt Association, Iron Butt # 45.581 do mundo; não é apegado a bens materiais; vive em Rolim de Moura –Rondônia -Brasil, com sua esposa e dois filhos menores; ex militar do Exército, atualmente comerciante; possui vasta experiência em viagens de curto, médio e longo alcance; e tem prazer em planejar, organizar e executar expedições, viagens e passeios; sempre muito bem acompanhado por sua fiel companheira "Sarita", sua Nx 350 Sahara 1999, a qual possui e viajam juntos a muitos anos; conhecedor da mecânica básica de motos; fala espanhol; e possui curso e estágio de 1ºs socorros e sobrevivência do Exército Brasileiro. Informações e contato; e-mail: andarilhoexpedicoes@gmail.com

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Moto Passeio em Humaitá-AM

Esse passeio realizado em Dezembro de 2011; foi organizado por mim; e teve como participantes vários amigos, bem como vários irmãos do nosso MG Expedicionários da Amazônia; objetivo: conhecer o sul do Amazonas; cidade de Humaitá a 210 kms de Porto Velho, capital aqui de Rondônia. Humaitá, uma cidade amazonense, mas totalmente dependente de Rondônia (Porto Velho); por causa do acesso a Manaus, que só é feito por água ou aéreo; geralmente 04 dias de barco para se chegar a capital; já para Porto Velho, apenas 03 horas de carro, são 210 kms na Br 319, que por sinal está em ótimas condições, uma estrada muito plana e com poucas curvas. Já vivi 03 anos em Humaitá, na época em que serví o Exército, no 54* Batalhão de Infantaria de Selva, onde também visitamos nesse passeio; mas o objetivo principal, foi conhecer a história, a cultura, e o povo dessa cidade histórica na margem do Rio Madeira, a grande hidrovia, que transporta o progresso dessa parte da Amazônia. Humaitá, hoje com 144 anos, serviu de apoio para os desbravadores, militares, e também para os pioneiros de Porto Velho que hoje tem 97 anos. Humaitá é uma cidade bem interessante, com várias construções antigas, ainda do século XVIII; suas ruas estreitas e sinuosas; sua culinária a base de peixe e farinha de macaxeira (mandioca); e seu povo, na maioria de caboclos, típicos da amazônia, muito simples, mas também muito hospitaleiros. Outro grande objetivo nesse passeio era comer uma carne assada na casa do Minotauro, um grande irmão motociclista delá; nessa ocasião, eu, o Minotauro e o Duzin, aproveitamos para fazer uma reunião sobre nossos preparativos para a Expedição Meio do Mundo; que nós 3 faremos em julho agora de 2012, serão 30 dias na estrada, conhecendo o norte da América do Sul: Brasil, Venezuela, Colômbia, Equador, Perú e Bolívia; o nome Meio do Mundo, é uma referência a Linha do Equador, a qual cruzaremos 02 vezes nessa Expedição. Acompanhe aqui no blog essa aventura, que terá postagens quentinhas todas as noites, com resumo do dia, dicas, informações, clima, preços e curiosidades em geral, bem como fotos e vídeos; a partir de 1* de julho, todas as noites, entre aqui e viaje conosco; inté.



na ída, próximo a Itapuã; comendo um queijinho


já em Porto Velho, no Bar do Mad Max; onde ele, sua esposa Santinha e outros membros do MG Anacondas do Asfalto, do qual o Mad Max é presidente, nos receberam com um delicioso almoço; obrigado a todos vocês!


almoçando


balsa no Rio Madeira...


...enquanto a ponte não fica pronta


chegada de Humaitá-AM


eu, Duzin e Carlinhos


uma canoa, com uma bíblia dentro


a noite, comendo peixe


Rio Madeira, em Humaitá


Castelinho, bem antigo


Seu João, na feira


Duzin; nós indo para o Batalhão





54* BIS





salão de honra





nos despedindo dos guerreiros de selva... obrigado pela ótima recepção!


almoço na casa do Minotauro(de amarelo); obrigado irmão!


fim de tarde, comendo um peixinho frito na beira do Rio Madeira, e vendo o sol se pôr...





é hora de partir; bem cedo, pois estamos a alguns quilômetros de casa


na estrada se vê de tudo...


...muita irresponsabilidade, por sinal


BR 319 entre Porto Velho e Humaitá; é desse jeito, dá gosto de acelerar...


café no km 100


Duzin, e a futura ponte sobre o Rio Madeira; quando essa ponte e a BR 319 Humaitá-Manaus, estiverem prontas, passarão centenas de aventureiros por essa ponte indo para o Karibe, Norte da América do Sul, América Central, México, USA, Alaska... vamos aguardar.


almoço na casa do Dr. Izaumi e D. Maria, que também estavam conosco nesse passeio; em Ariquemes. Obrigado a toda a família!


...e quando cheguei em casa, cansado, querendo um carinho da muié... quase apanhei...pois tinha uma perereca na minha bolha; kkkkkkkkkkkkkkkk... ô perereca Maria gasolina sô!; quase estraga o pós viagem, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

2 comentários:

  1. Ola am,igo.qual foi mesmo seu trajeto e onde ficam, o que ligam as tais pontes?
    otimas aventuras.abraços!
    Marcio Carneiro

    ResponderExcluir
  2. lindas fotos e relatos! sou de goiás(Itumbiara) e estou saindo em julho/2013. Cuiabá/Porto Velho/Rio Branco/ Xapurí/ Brasiléia/Assis Brasil/Humaitá. PercivalMachado Rezende. Um abraço, irmão!

    ResponderExcluir